pensamento livre

You are currently browsing articles tagged pensamento livre.

Sim, mas o que é o resultado?

É a grana na conta, sem nenhuma realização durante o processo?

É o gol marcado, sem nenhuma beleza nem graça no jogo? [ continua ]

Tags: , , , , ,

Ambos

Raivosos da direita e da esquerda se julgam, ambos, do “lado do bem”, defensores da verdade, heróis democráticos contra “os tiranos do lado de lá”. Conheço, de perto e de leitura, gente que pertence a esses tristes, desgastados e desgastantes dois grupos (ultrapassados talvez como nomenclatura, mas não como veneno d’alma). [ continua ]

Tags: , , , , , , , , ,

Os gurus

E vão se achegando os gurus-de-tudo-um-pouco, os mentores da bondade, fazendo nas redes sociais o seu “rebanho”, e vão espalhando sua “opinião” como doutrina, vão ensinando que o ego é feio, é ruim e é péssimo, que o bom mesmo é suprimi-lo [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Imagino que existam teses e dissertações a respeito. Sinceramente, não sei, nem quero saber. Importa-me o significado popular da expressão, sua compreensão disseminada. [ continua ]

Tags: , , , , ,

Não tenho problema com a ideia de ganhar dinheiro. Sou publicitário demais, realista demais, calejado demais com teorias sociológico-políticas fantasiosas para engolir a noção de um mundo sem finanças. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Super trunfo

“- Eu fiquei milionário fazendo funk ostentação!”

“- Eu faço sucesso com propaganda machista de cerveja!”

“- Eu fiz uma lanchonete bombar de seguidores nas redes sociais!”

“- Eu loto o teatro fazendo stand-up boca-suja, que não poupa ninguém!” [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

“Não se pode usar humor em propaganda”. Por incrível que pareça, já li e ouvi isso. Em livro indicado por professor de faculdade e em palestra de brasileiro radicado em Portugal [ continua ]

Tags: , , , , , ,

É fácil ser rebelde de butique, transgressor irresponsável do tipo que mistura superstição e demagogia. [ continua ]

Tags: , , , , , , , , ,

Não entendo os ódios crônicos de fascistoides arrogantes e bolcheviques teimosos, a beligerância – tão parecida – de centuriões do status quo e “revolucionários” xiitas. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Um dos problemas da publicidade atual – mas que já vem de longe – é a falta de coragem, de cojones, a covardia de alguém no anunciante, baseado em seu conhecimento e visão, assumir a aprovação de uma proposta criativa encaminhada pela agência. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

« Older entries