março 2014

You are currently browsing the monthly archive for março 2014.

Esqueça a baboseira da independência total e do não precisar de ninguém. É tolice desumanizante. E esqueça a suposta relação entre individualização (individuação?) e frieza, distância, invulnerabilidade afetiva – a negação do outro. [ continua ]

Tags: , , , , ,

Ingrid Guimarães, a faminta, reduz a riqueza, a espetacularidade e até a saudável superficialidade do cinema com sua frivolidade de engraçadinha-por-obrigação. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Entre a separação de seu primeiro marido e seu amor seguinte, Daniela Mercury parecia muito mais sexy que o usual em um videoclipe, nos anos 90. Sempre pensei que era alta disponibilidade afetiva. Senti encanto. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

Ambos

Raivosos da direita e da esquerda se julgam, ambos, do “lado do bem”, defensores da verdade, heróis democráticos contra “os tiranos do lado de lá”. Conheço, de perto e de leitura, gente que pertence a esses tristes, desgastados e desgastantes dois grupos (ultrapassados talvez como nomenclatura, mas não como veneno d’alma). [ continua ]

Tags: , , , , , , , , ,

Por mais incrível que pareça e desconfortável que seja, a conexão humana se dá, primeiramente, de forma não-verbal.

É um fato, não uma teoria. [ continua ]

Tags: , , , , , , , ,

Lilian altera drama e pouco caso, enfastio, Cristina cultiva fantasias ingênuas, Ana chove no molhado com jeito de madame e Cristiana quase não se compromete para não se queimar com suas fontes. Ninguém espera ninguém fechar um raciocínio e os elogios rasgados de José são sexistas ao contrário (homem não é tão bom…). [ continua ]

Tags: , , , , , ,

O comercial com o Neymar não defende, nem apregoa, nem legitima bullying nenhum com estrangeiros. É preciso ter o bullying embutido, assimilado, engatilhado dentro de si para interpretar desse jeito. Ou a demagogia… [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Óbvio e urgente

Pessoa que conheço me disse que disse o seguinte ao seu amado:

“- Eu não estou preparada para viver este amor.”

Ao que eu respondi: [ continua ]

Tags: , , , , ,

De vez em quando (hoje em dia, não em sempre), aparece um comercial que me dá vontade de ter feito. Em especial, quando tem um texto que, singelamente, acerta em cheio o coração do espectador. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

Os gurus

E vão se achegando os gurus-de-tudo-um-pouco, os mentores da bondade, fazendo nas redes sociais o seu “rebanho”, e vão espalhando sua “opinião” como doutrina, vão ensinando que o ego é feio, é ruim e é péssimo, que o bom mesmo é suprimi-lo [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

« Older entries