novembro 2013

You are currently browsing the monthly archive for novembro 2013.

Resumindo um pensamento genial e belo do Mestre, citado de memória:

“Identificar as semelhanças para ser capaz de perceber e influir nas diferenças: a isso, e só a isso, se pode chamar de técnica.” [ continua ]

Tags: , , , , ,

Volta e meia alguém decreta o fim da televisão.

Volta e meia alguém decreta o fim do papel.

Volta e meia alguém decreta o fim de alguma coisa. [ continua ]

Tags: , , , , , , , , ,

Nas concorrências entre agências de comunicação, há em vigor uma prática nociva, ilógica e injusta, instituída não sei por quem, não sei com que objetivo, e que certamente empobrece a publicidade. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

O espectador gira, gira e encontra sempre a mesma história, a mesma abordagem, as mesmas imagens, o mesmo texto.

É preciso fugir do hábito para ampliar sua visão. Da força impositiva e reacionária do hábito. É preciso resistir à vontade de ficar no mínimo esforço, porque se ampliar custa, e às vezes dói. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

Veja você que nos tempos das ultra-super-mega-máxi mídias digitais, alguém na Danone teve uma ideia brilhante. Não tinha visto antes ninguém fazer, e não sei como ninguém nunca pensou nisso. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

Gosto de novela. Assisto. Mas não sou fanático. Fã, sim, já fui, e posso voltar a ser, principalmente de histórias de Benedito Ruy Barbosa.

Mas talvez o que mais me incomode neste “produto cultural” não seja a embromação, inevitável, o merchandising, irremediável [ continua ]

Tags: , , , , , , , , , ,

É difícil falar de uma dama-ícone quando já se verteu nas palavras possíveis tudo de emoção por ela que havia. Não por falta de emoção, mas por falta de palavras. Pois que o êxtase músico-poético já é difícil de ser dito uma única vez, que dirá ao longo da vida… [ continua ]

Tags: , , , , , , , ,

O bonequinho do Estadão até que começou bem. Bem acabado, bem animado e bastante simpático, com um primeiro texto bem redigido e interessante, ele era a representação perfeita de alguém sem pensamento próprio – exatamente o indivíduo facilmente manipulável. [ continua ]

Tags: , , , , , , , , , ,

A maior rede social digital tem mais de 1 bilhão de usuários no mundo todo. Boa parte deles a utiliza por várias horas, todos os dias.

Este blog e meus perfis nas principais redes sociais digitais demonstram que não tenho preconceito contra esta nova plataforma – sei utilizá-la muito bem, aliás. Contra o exagero, tenho. [ continua ]

Tags: , , , , ,