setembro 2013

You are currently browsing the monthly archive for setembro 2013.

Para mim, é muito simples.

O que não tem talento ou coragem para se arriscar (ou ambos) quer transformar tudo em “ferramenta tecnológica” ou equação matemática – ou em qualquer recurso que exija só treino, não criatividade – e assim ficar menos exposto à reprovação. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Não compro a ideia, mais vicejante nessa época de mídias digitais, de que uma marca tem de se comportar como um ser humano para atingir seu público-alvo (sim, eu ainda uso essas antiguidades). [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Alguns “psicologistas” pretensiosos e outros tantos atrofiados afetivos interpretam de forma distorcida alguns ensinamentos de Mestre Gaiarsa. Entre eles, sua visão de individualidade e “individualização” [ continua ]

Tags: , , , , , , , ,

Você saberá

Você saberá a exata dimensão do democrata que é quando alguém conscientemente não partilhar sua preferência por aquela sumidade musical que você adora, e você não for capaz de tolerar o fato. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

O Merten gosta de Transformers e diz que nenhum amigo entende como ele consegue. Mas ele é o Merten! Um dos críticos de cinema mais sensíveis e talentosos do Brasil, lá do Estado de São Paulo. Além de tudo, um doce de pessoa. [ continua ]

Tags: , , , , , , , ,

Gaiarsa via

E quando parece que eu já li tudo, que eu já entendi tudo, que eu já assimilei quase por completo as percepções, ideias e ensinamentos do Mestre, a releitura de um trecho me golpeia, impondo-me humildade. [ continua ]

Tags: , , , , , ,

O mau homem de marketing tem certeza de que parte de seu papel é “desconstruir” o trabalho de sua agência. Mesmo se for genial. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

Intervalo

Caro leitor, o blog não foi abandonado – está num intervalo. Estudos e outras atividades muito exigentes me fizeram redirecionar provisoriamente o tempo dedicado a ele. Mas calma, não desista de me ler. Aos poucos, vou voltando a produzir com regularidade. Obrigado e até lá, então (amanhã, provavelmente,).

Sexy Cyn

Nunca foi a musa escandalosa como poderia, como talvez alguém quisesse e como várias outras antes, ao mesmo tempo e depois dela.

Não que negue a sensualidade ou seja moralista em relação ao sexo. Longe disso – é uma revolucionária, uma ativista. Mas também não trata esses temas como adereço de si própria [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

O comercial que cita o Chucky seria ótimo se a ideia do primeiro take se mantivesse – o personagem fosse apenas sugerido, o tempo todo, do começo ao fim, em vez de claramente enquadrado. [ continua ]

Tags: , , , , , , ,

« Older entries